Não há dúvidas de que o WordPress seja considerada uma das plataformas mais populares no mundo inteiro para a criação de blogs e sites institucionais. Trata-se de um sistema de gerenciamento de conteúdo, desenvolvido em PHP com banco de dados MySQL, que possibilita a criação de sites profissionais, com recursos dinâmicos e modernos.

Quais são os motivos que tornam o WordPress uma das plataformas mais populares no mundo?

  • Utiliza uma interface bem amigável, facilitando o processo de gerenciamento do conteúdo dos sites;
  • Possui código-aberto e é mantida por uma comunidade imensa de desenvolvedores, sendo aprimorada e aperfeiçoada a cada nova atualização;
  • Pode ser instalada em provedores de hospedagem mais modestos e de custo acessível;
  • Variedade enorme de temas disponíveis, tanto gratuitos como pagos, para o layout do site;
  • Variedade enorme de plugins disponíveis, que irão complementar as funcionalidades do site;
  • Dentre outros;

No entanto, para criar um site com qualidade e conseguir mantê-lo sempre seguro, é necessário seguir e conhecer bem todas as etapas deste processo, que vai desde a contratação e configuração do provedor de hospedagem, instalação e configuração do plataforma WordPress, configuração de layout e plugins, criação das páginas do site, até a sua publicação final. Pode parecer um processo simples, mas na prática é bem diferente. Por maior que seja a sua praticidade e facilidade de uso, o sistema WordPress precisa ser operado de maneira adequada, no sentido de possibilitar que o resultado final seja alcançado com eficácia. Não basta apenas baixar a plataforma, contratar um provedor de hospedagem e começar a criar o site. Como todo e qualquer sistema, o WordPress também precisa passar por uma manutenção periódica, tanto preventiva como evolutiva. Como dissemos acima, o WordPress é atualizado constantemente. É necessário então que o responsável pelo site acompanhe estas mudanças, efetuando as atualizações quando disponíveis. Isto irá não apenas aprimorar os recursos oferecidos pela plataforma, mas também aumentar a segurança do site em si.  É importante frisar que a internet está em constante evolução, sendo necessário que os sites acompanhem também tais mudanças sofridas.

Para que servem os plugins do WordPress?

Os plugins do WordPress concedem funcionalidades aos sites e blogs. Atualmente existem uma grande variedade de plugins que realizam ações específicas, como também concedem recursos adicionais para o site. Por exemplo, há plugins que permitem configurar formulários de solicitação de orçamentos e disponibilizar no site para preenchimento dos usuários. Há também plugins que visam integrar o site com redes sociais, como Facebook e Youtube.

É praticamente impossível imaginar um site em WordPress sem plugins, haja vista que, são eles os responsáveis por “dar vida” ao site.

O que é preciso fazer para manter o meu site em WordPress seguro?

Para responder essa pergunta, precisamos levar em conta os diversos recursos existentes, e que juntos permitem a publicação do site na internet. Cada um deles precisa de um cuidado especial. Vejam os principais abaixo:

  • Provedor de Hospedagem: O site em WordPress precisa ser hospedado em um bom provedor de hospedagem. Provedores muito baratos poderão comprometer o bom funcionamento do site;
  • Atualização do WordPress: O WordPress do site precisa ser atualizado e acompanhar as últimas versões lançadas pela comunidade da plataforma. Lembre-se que a segurança do WordPress pode se comprometer com o passar do tempo. Por isso é necessário que a mesma esteja sempre atualizada. Por outro lado, vale ressaltar que o seu site é composto por diversos recursos, tais como temas e plugins instalados e configurados em sincronia. É preciso saber se todos os plugins e/ou o próprio tema instalados, serão compatíveis com a versão do WordPress;
  • Atualização de Plugins: Os plugins do WordPress também passam por atualizações periódicas. Contudo, não basta apenas clicar no botão “Atualizar”. Certifique-se de que o seu site é compatível com a versão do plugin a ser atualizada. Lembre-se que até as configurações do seu provedor de hospedagem podem divergir com as características do plugin;
  • Atualização do Tema: Seu tema em WordPress também poderá passar por atualizações periódicas. Assim como nos plugins, é necessário certificar-se de que o site será compatível com a versão do tema a ser atualizada;
  • Backup do Site: Não podemos deixar de mencionar o backup. Trata-se da cópia de segurança de todo o site, incluindo arquivos e banco de dados. Alguns provedores fornecem este serviço gratuitamente. Portanto, certifique-se de ter sempre um backup atualizado de seu site;

Enfim, após essa breve explicação, esperamos que você tenha uma noção maior sobre como é o mundo dos sites criados em WordPress.

Possuímos uma equipe especializada para a manutenção e criação de sites institucionais. Somos especialistas em sites WordPress. Entre em contato conosco e solicite já um orçamento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário